Atendendo a algumas respostas apreciativas e inúmeras ignorativas, aqui está......

17 novembro 2009

2 pesos 2 medidas

No Estadão de domingo, o professor Dalmo Dallari, que é de esquerda, defende a concessão de asilo ao terrorista italiano Battisti com o argumento que a decisão do executivo é definitiva e inapelável, portanto não cabe intervenção do Supremo Tribunal. Já o professor Miguel Reale, de direita, escreve a favor da extradição e argumenta que o tribunal deve decidir de acordo com a constituição e as leis internacionais, às quais a ação do executivo é sujeita. Se o ministro não tivesse concedido asilo, ou talvez até no caso de um terrorista de direita, os eminentes juristas provavelmente usariam da astúcia e erudição jurídicas para inverterem as posições.
Postar um comentário