Atendendo a algumas respostas apreciativas e inúmeras ignorativas, aqui está......

02 março 2012

Mais um artigo sobre o "custo" da educação

Dessa vez, no NYTimes. Educação é descrita como custo, ou pior, um fardo ("burden"). Enquanto isso, "vendas de automóveis crescem", "varejo supera expectativas", "melhoras no mercado imobiliário".

"Educação das crianças, saúde das vovós, que triste que isso custa. Desperdiçar dinheiro em ferro, tijolo, e shmates é que seria bom." É a mensagem diária da mídia, de direita e de esquerda, nos Estados Unidos e no Brasil, é só olhar o jornal.

Um dia o povo vai acordar dessa psicose coletiva. Nesse dia vocês vão poder dizer: li aqui primeiro.
Postar um comentário