Atendendo a algumas respostas apreciativas e inúmeras ignorativas, aqui está......

08 novembro 2013

Imitação é a forma mais sincera do panegírico

O novo programa da chapa Zago-Vahan para a reitoria da Usp diz: "estimularemos a reforma da legislação pertinente para flexibilizar e modernizar currículos e a mobilidade de estudantes". Fazer uma grande modernização do ensino de graduação na USP, como propõem, é uma direção nova, e correta, para os pró-reitores de pesquisa e de pós-graduação, que contam no currículo a experiência anterior nas presidências no CNPq e no IPT. Embora a proposta ainda não especifique ações e prioridades, a atitude encomiástica de seguir a proposta do Prof Cardoso, flexibilização da graduação, é louvável. (Pergunte ao Butija o que é um panegírico.)

A flexibilização dos currículos começou em 1986 com a resolução 3045 do Prof Goldemberg; foi resistida bravamente pelas unidades e departamentos, apesar dos esforços de raros administradores como a pró-reitora de graduação Ada Pellegrini Grinover, durante a gestão do Prof Marcovitch; foi introduzida no curso de Automação & Controle da Engenharia Elétrica em 1995; foi aprovada na nova estrutura curricular da Escola Politécnica, embora sua implementação continue sendo sabotada pelos interesses dos departamentos. Será que agora pega na USP?




Postar um comentário