Atendendo a algumas respostas apreciativas e inúmeras ignorativas, aqui está......

01 maio 2013

Currículos da Poli

Em 1993 o curso de Automação e Controle da engenharia elétrica da Poli fez uma proposta de flexibilização de currículos. O autor da proposta fui eu. Ela foi aprovada e implantada nos anos seguintes, graças ao apoio e esforço dos colegas do LAC, e especialmente dos professores Vitor Marques Pinto Leite e Jocelyn Bennaton, de quem tenho saudades. Pelo que parece registrar a memória dos vivos, foi a primeira vez que na Poli se permitiu que cada estudante tenha papel importante na direção de seus estudos.

Agora a Escola Politécnica aprovou um currículo mais racional e flexível para todos os estudantes de engenharia. Não sei analisar quanto das ideias de flexibilização foram incorporadas na decisão final, e quanto foi sacrificado para apaziguar o estamento burocrático. Muito menos sei precisar a influência da minha proposta original nesses 20 anos em que o currículo de 1993 foi muitas vezes copiado, imitado, reduzido, modificado.....

Ajudei ou atrapalhei? Quanto? Não sei.

Pequeno ou grande que tenha sido meu papel, pessoalmente sinto essa luta de 20 anos mais como um fardo, perdido nos ermos sertões de Mordor, do que como um triunfo dos sete pilares da sabedoria.

The Road goes ever on and on
Out from the door where it began.
Now far ahead the Road has gone,
Let others follow it who can!
Let them a journey new begin,
But I at last with weary feet
Will turn towards the lighted inn,
My evening-rest and sleep to meet.
Postar um comentário