Atendendo a algumas respostas apreciativas e inúmeras ignorativas, aqui está......

29 novembro 2014

Para entender os ministérios

O gabinete do Brasil tem 39 ministros. Duvido que algum dos 39 saiba listar todos os ministérios, secretarias e órgãos que conferem o status de ministro, muito menos os nomes dos ministros. É gente demais para se reunir frequentemente, portanto deve haver um gabinete interno que toma as decisões. Talvez simplifique um pouco classificar os ministérios por ramo de atividade.

Quase metade, 19 ministérios, estão ligados à economia, sendo 11 dedicados a influir no funcionamento de setores específicos de atividades produtivas, e 8 à economia em geral (microeconomia e macroeconomia, poderíamos talvez dizer). Fazem política 14 ministérios: 7 deles trabalham com políticas sociais, para a população, e mais 7 fazem política da presidência junto aos demais políticos, incluindo relações com poderes e partidos, e combate e promoção da corrupção. Para terminar, 3 ministérios cuidam de agências e autarquias federais com verbas e responsabilidades bem definidas, e os 3 restantes são os que exercem atribuições essenciais da União.

Podemos imaginar que o gabinete interno teria 1 ministro da economia, 2 ministros para política popular e outro para política partidária, e mais os indispensáveis ministros da Defesa, Relações Exteriores, e o Advogado da União. Somando mais 2 confidentes de presidente, um total de 8, próximo ao número ideal de membros de um gabinete segundo CN Parkinson.

Lista completa, entendendo que a classificação é útil mas não livre de ambiguidades; seria razoável mudar alguns ministérios de um grupo para outro.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Ciência, Tecnologia e Inovação; Comunicações; Cultura; Esporte; Minas e Energia; Pesca e Aquicultura; Transportes; Turismo; Aviação Civil; Portos (11).
Economia: Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Fazenda; Integração Nacional; Planejamento, Orçamento e Gestão; Trabalho e Emprego; Assuntos Estratégicos; Micro e Pequena Empresa; Banco Central (8).
Populares: Cidades; Desenvolvimento Agrário; Desenvolvimento Social e Combate à Fome; Meio Ambiente; Direitos Humanos; Igualdade Racial; Políticas para as Mulheres (7).
Política: Justiça; Relações Institucionais; Secretaria-Geral; Casa Civil; Controladoria-Geral da União; Comunicação Social; Gabinete de Segurança Institucional (7).
Gestão de órgãos estatais: Educação; Saúde; Previdência Social (3).
Funções do Estado: Defesa; Relações Exteriores; Advocacia-Geral da União (3).
Postar um comentário