Atendendo a algumas respostas apreciativas e inúmeras ignorativas, aqui está......

13 agosto 2009

Referenciais Nacionais dos Cursos de Graduação de Engenharia

Ficar discutindo isso me parece uma perda de tempo federal. Não faz diferença nenhuma chamar o curso de Engenharia de Automação e Controle, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Automação Industrial, Engenharia de Automação (Mecatrônica) com Ênfase em Sistemas de Controle, Engenharia de Ênfase com Automação da Energia, ou sei lá mais cada nome feio que o povo inventa.

Gastar horas e horas de papel e energia discutindo os nomes dos mesmos cursos em vez de falar sobre o conteúdo, o que raramente se faz, é contra producente. Para dar uma analogia, a General Motors passou décadas fazendo os mesmos carros e dando nomes diferentes - "badge engineering". Investiram bilhões em nomes e marcas, e zerilhões na engenharia. Deu no que deu. Quebrou.

Só não sumiu de vez porque o governo segurou as pontas. Qualquer semelhança com a Usp não é mera coincidência. Vocês já fizeram a conta que cada hora de trabalho de um professor da Usp custa ao contribuinte paulista pelo menos R$600? Vamos usar nosso tempo com cuidado e respeito!
  • ...o MEC está reduzindo o número de denominações das carreiras
  • da engenharia. Hoje há mais de 200 denominações diferentes e a
  • intenção é reduzir esse número para em torno de 20. Apesar de a
  • USP não estar subordinada ao MEC, esse problema, ainda que
  • indiretamente, pode vir a afetar os nossos alunos ... interessados
  • nessa questão estão convidados para uma reunião...
Postar um comentário