Atendendo a algumas respostas apreciativas e inúmeras ignorativas, aqui está......

12 fevereiro 2012

Bolsas da Usp

Sou o professor responsável por um projeto em software livre que tem bolsistas pagos pela Usp. Mensalmente devo cadastrar o número de horas trabalhadas por cada um dos estudantes, para que eles recebam as bolsas. Ao longo de mês, recebo repetidas vezes a seguinte mensagem:
Prezado(a) Professor(a),
Encerra-se dia "12/02/2012" o cadastro de frequência de seu bolsista para este mês. Se o número de horas, não for cadastrado, os bolsistas sob sua coordenação deixarão de receber o valor da bolsa. Acesse: http://sistemas.usp.br/apolo
Atenciosamente,
Gestor do Aprender com Cultura e Extensão
ATENÇÃO! Este e-mail é apenas informativo, não é necessário respondê-lo.
O problema é que cada vez que chega a mensagem eu fico em dúvida se já cadastrei as horas trabalhadas daquele mês. Parece pouco, mas o acúmulo dessas pequenas burocracias acaba atrapalhando o trabalho acadêmico. Cansei um pouco da repetição e respondi:
Caros,
Já cadastrei as frequências. Seria muito amável e cordial reprogramar o sistema, de forma que os avisos não sejam enviados repetidamente após as frequências terem sido cadastradas.
Não tenho dúvida que esta especial fineza está ao alcance das habilidades de programação do pessoal responsável.
Grato,
Pait
Acredito que obterei resposta ignorativa. Afinal facilitar, ou ao menos não atrapalhar, o trabalho de professores e de alunos não parece fazer parte das atribuições funcionais da burocra da Usp.

Poste escrito, a bolsa é uma miséria. A Usp tem verba para centenas ou milhares de bolsas com valores irrisórios e pouco atraentes. Quase dá a impressão que a ideia é mesmo tratar o aluno como indigente, só para depois dizer "eu ofereci milhares de bolsas, se vocês não quiseram aceitar minha caridade eu vou para o céu e vocês vão para o inferno".
Postar um comentário